•  
     

As maiores Luas do Sistema Solar



Por ordem decrescente, as cinco maiores são: Ganimede, Titan, Calisto, Io e a Lua "original", a da Terra. As luas, ou satélites naturais, são astros que circulam em torno de um planeta. Existem cerca de 160 no sistema solar - só em volta de Júpiter são 63! Tem luas de todos os tamanhos. Ganimede e Titan chegam a ser maiores que o planeta Mercúrio - que tem 4 880 quilômetros de diâmetro. Já Deimos, em Marte, uma das menores luas conhecidas, tem apenas 12,6 quilômetros de diâmetro. Há várias explicações para o surgimento dos satélites naturais. A nossa Lua provavelmente pertenceu ao mesmo corpo da Terra até que um terceiro astro atingiu o bloco e o separou em dois pedaços. "Como a massa que ficou no pedaço da Terra era muito maior, a Lua foi atraída e passou a circular em volta do planeta", afirma o astrônomo Rundsthen Vasques. Origem diferente têm Io, Ganimede e Calisto, provavelmente atraídas por Júpiter após a explosão que criou o sistema solar. "Há ainda satélites menores que eram asteróides ou cometas e que foram atraídos por planetas", diz o astrônomo Tasso Napoleão.

Astros coadjuvantes


Titan pode ter vida, e superfície de Io lembra uma pizza derretida
Lua


Planeta - Terra

Diâmetro - 3 476 km

A superfície da Lua é coberta por uma camada de poeira e restos de rochas produzida pela queda de meteoros. Foi esse bombardeio constante de meteoros e cometas que provavelmente trouxe o gelo que hoje se concentra nos pólos do satélite.

_____________________________________________________________________

IO

Planeta - Júpiter

Diâmetro - 3 630 km

A Nasa, agência espacial americana, compara Io com uma pizza coberta com queijo e azeite... É que ela é o corpo mais vulcanicamente ativo do sistema solar e o calor intenso deixa sua amarelada superfície em constante estado líquido

_____________________________________________________________________

Calisto

Planeta - Júpiter

Diâmetro - 4 800 km

Com um núcleo rochoso envolto por uma grossa camada de gelo, Calisto é provavelmente o astro mais cheio de crateras do sistema solar. A paisagem lá é a mesma há 4 bilhões de anos. Desde então, não houve atividades geológicas

_____________________________________________________________________

Titan

Planeta - Saturno

Diâmetro - 5 150 km

Possui uma densa atmosfera que cientistas acreditam ser muito parecida com a atmosfera primitiva da Terra. A existência de matéria orgânica (metano e etano) pode ser indício da presença de vida. "É um ambiente muito propício para bactérias", diz Tasso Napoleão

_____________________________________________________________________

Ganimede

Planeta - Júpiter

Diâmetro - 5 262 km

Ganimede tem um núcleo rochoso e a superfície formada por rocha e camadas de gelo. Tem um lado escuro cheio de crateras e outro iluminado que abriga vales e montanhas que podem chegar a quilômetros de altura


Fonte
Página inicial